De Interpoética

Por: Sennor Ramos, Raimundo de Moraes & Cida Pedrosa/ Recife/ Brasil. 

No friozinho do inverno o Interpoética vem com notícias quentinhas na atualização da sua primeira página. Convidamos aos amigos e leitores a darem um passeio e se divertirem através dos pitacos dos nossos colunistas, num grande caleidoscópio da cultura regional e mundial. 

Vejam a opinião de Cícero Belmar sobre um dos livros de Oscar Wilde, as deliciosas memórias de infância de Carminha Bandeira, as (literárias) línguas de fogo de Geórgia Alves e a crítica cultural em destaque na coluna de Jomard Muniz de Brito. Para completar a trupe, Lara e a sua analogia entre o esmoléu e o Jim Jones marxista-leninista e a opinião de Rita Marize sobre o espetáculo Essa febre de que não passa, baseado no livro de Luce Pereira. 

Para ver e ouvir, temos Aldo Lins recitando Bandeira da Aurora e na difusora uma homenagem feita à obra de Cida Pedrosa, em Portugal, pelo programa de rádio Entre Linhas da cidade de Aveiro. 
Quem também é destaque na nossa primeira página é Marcelino Freire, dando seu pitaco sobre o projeto Olhares sobre Lilith, que está sendo lançado neste final de semana no Festival de Inverno de Garanhuns. 

O mês de Julho é mês de autógrafos para Alexandre Santos – vejam mais detalhes sobre o assunto na entrevista concedida a Adriano Marcena, para Samuca Santos – que merecidamente aparece na nossa resenha de Julho, para Wilson Freire e sua mulher que queria ser Micheliny Verunschk e para Raimundo Carrero – Gerusa Leal fala um pouco sobre o novo rebento do nosso querido amigo de Salgueiro. 

Para finalizar e deixar todos com gostinho de quero mais, publicamos mais um artigo de Karina Calado, abrangendo o eclético e gratificante trabalho do Portal Interpoética nesses seus seis anos de vida.

No hay comentarios.

Con tecnología de Blogger.